17 Fev 2014

Concerto de Abertura com Maciej Frackiewicz

0 Comentários

FOLEFEST 2014

Concerto de Abertura

Salão Nobre da Escola de Música do Conservatório Nacional
1 de Março, 21:30

Programa

Maciej Frackiewicz
acordeão solo

De profundis – Sofia Gubaidulina
Partita in C BWV 826 – J. S. Bach
Densus – Paulo Jorge Ferreira *
Krzysztof Penderecki – Sinfonietta
Te lucis ante terminum – Andrzej Tuchowski
*estreia mundial
 
  

Maciej Frąckiewicz foi o vencedor do 21º Concurso Internacional de Acordeão ‘Arrasate Hiria’ no País Basco (2012), um dos concursos mais prestigiados da atualidade. Em 2013, recebeu o passaporte da “Polityka Weekly” por “interpretações muito maduras e distintas de música contemporânea e outros estilos, pela sua coragem, atrevimento e consistência, por enriquecer o repertório musical, pelas suas criações de concerto e estimulação da imaginação, assim como o seu poder de persuação”.

Foi também laureado em prestigiados concursos internacionais de acordeão na Polónia, Alemanha, Eslováquia, Itália e Espanha. Entre os seus prémios estão: 2º Prémio no 42º Concurso Internacional de Acordeão em Klingenthal, Alemanha (em duo com Magdalena Bojanowicz, 2008); Grand Prix na 8ª Competição de Música dos Séculos XX e XXI para Jovens Músicos em Radziejowice (2009); 1º Prémio e dois prémios extra-curriculares no 3º Concurso Internacional Michał Spisak em Radziejowice (2009); 1º Prémio no 13º Concurso Internacional de Acordeão ‘Carlo Civardi’ em Val Tidone, Itália (2010); Prémio Especial no 14º Concurso Internacional de Música de Câmara Contemporânea em Cracóvia (em duo com Magdalena Bojanowicz) (2010); 1º Prémio no 3º Concurso Internacional de Acordeão Andrzej Krzanowski em Czechowice-Dziedzice (2010). Em 2008, ficou entre os 7 finalistas das Eliminações Polacas da Competição Internacional de Jovens Músicos Eurovision, aparecendo com a Radio Orchestra Polaca dirigida por Łukasz Borowicz.

Em 2010, representou a Rádio Polaca no Fórum Internacional para Jovens Artistas , entitulado ‘Novo Talento’ e organizado pela European Broadcasting Union (EBU).

Em 2012, formou-se com distinção na Universidade de Música Fryderyk Chopin em Varsóvia na classe de Acordeão do Prof. Klaudiusz Baran. Foi igualmente um aluno Socrates – Erasmus na Escola Superior de Música de Catalunya (Barcelona), na classe de Inaka Alberdi, e aluno com diploma de Pós-Graduação no Konzertexamen, Escola Superior de Música em Detmold (Alemanha), na classe do Prof. Grzegorz Stopa.

Participou em masterclasses em Miętne, Janowiec, Ottweiler (Alemanha), Salzburg, e Viena, onde trabalhou sob a condução de professores como: Włodzimierz Lech Puchnowski, Yuri Shishkin, Teodoro Anzellotti, Geir Draugsvoll, Claudio Jacomucci, Stefan Hussong e Julius Berger.

Em 2012, foi laureado no Prémio DAAD para Melhor Aluno Estrangeiro na Escola Superior de Música em Detmold. Recebeu várias bolsas de estudos incluindo a prestigiada Bolsa Jovem Polónia do Ministério da Cultura para a gravação do seu CD de música polaca contemporânea (em duo com Magdalena Bojanowicz). Esta publicação Sarton foi nomeada para os Prémios Fonográficos Polish Fryderyk em duas categorias: Album do Ano – Música Contemporânea, e Melhor Disco – Música Polaca.

Em Junho de 2012, foi o primeiro acordeonista solo a apresentar-se com a Orquestra Nacional Sinfónica Filarmónica Polaca (Concerto diploma da Universidade Chopin). Tocou igualmente com orquestras sinfónicas (incluindo a Orquestra Nacional Radio Polaca) sob a batuta de Łukasz Borowicz, José Maria Florêncio, Michał Klauza, Marek Moś, Renato Rivolta, Ruben Silva, Lukas Vis, e Young Chill Lee. Apresentou-se em festivais na Polónia e noutros países (incluindo o Warsaw Autumn, Festival de Música Polaco em Cracóvia, La Folle Journée, Neue Horizonten em Hanover, «Two Days and Two Nights» em Odessa, e «Musique au Leman» em Thonon-les-Bains, França).

Fez gravações para a Radio Polaca, para a Televisão Cultural Polaca e para a WDR3.

Maciej Frąckiewicz toca num acordeão Pigini Nova.

[topo]

Deixe uma Resposta